Afinal: é caro ser sócio do Grêmio?

7 de maio de 2012 by , 69 comentários

Muito tem se discutido sobre os valores cobrados pela migração Olímpico/Arena. E a maior parte dessas discussões descamba para um entre dois lados: a diferença que é um estádio para uma arena ou a elitização do quadro social gremista. Já li muita coisa a respeito e já me irritei horrores com o tema. E o que me leva a seguir incomodado com isso é que, mais do que valores ou conforto, o que está em discussão é, mais uma vez, a incompetência da administração gremista – algo que, ao que parece, pouca gente se dá conta.

Eu acho que R$ 92,00 é muito caro. Penso o mesmo das mensalidades atuais. E o motivo é muito simples: não ganho ABSOLUTAMENTE NADA por ser sócio do Grêmio. E muito provavelmente você, se for sócio, também não. Não pagamos essa fortuna para termos benefícios como num clube social (que foi de onde se originou o nome “sócio”) porque nem piscina temos. As academias onde o sócio tem desconto são muito próximas do Olímpico; temos descontos em pós-graduação de instituições pouco conhecidas e em cursinhos pré-vestibular (que a gente usa pouco na vida). Para mim, o único desconto interessante é o com uma rede de farmácias e o da Grêmio Mania. E um programinha de pontos que, para que possa ser desfrutado, exige que se tenha um guarda roupas inteiro de coisas do Grêmio.

E esse é o principal ponto. Para o Grêmio, mais especificamente o seu marketing, não interessa a minha vida fora do Grêmio. Mas, infelizmente para eles, eu não sou só um torcedor sócio. Tenho outras prioridades e gasto dinheiro em outras coisas. Assim, se eu pudesse ser sócio e ter vantagens em momentos “off-Grêmio”, pareceriam bem mais em conta os valores de associação. Não ficaria nem um pouco irritado se eu tivesse cinco ou dez por cento de desconto nas lojas dentro da Arena (aliás, qual é o tipo de loja que estará lá?) nem mesmo ficaria bravo por pagar 169 reais se eu tivesse vantagens que eu realmente pudesse utilizar no meu dia-a-dia, como desconto em lojas, frete grátis em compras de internet, essas coisas. Eu não entro de graça nos jogos: eu pago, todos os meses, um valor com desconto. Se eu não for em uma partida, já era, o valor é fixo para 2, 1 ou 3  “idas”. E é só esse o meu “benefício” de ser sócio.

“Tá, é fácil falar, e tu não trouxeste nenhuma novidade”. Certo. Então, qual é o tipo de benefícios e quanto deveria ser a mensalidade para o sócio? Para mim, a resposta é óbvia: depende do perfil de consumidor sócio do Grêmio. E isso não quer dizer “de coisas do Grêmio”. Quer dizer, o que eu consumo o tempo todo, o que faço da vida. Agora, o Grêmio conhece esse perfil? Não titubeio em tascar um NÃO nessa resposta.

Vamos para um caso específico: eu. Não tenho o menor problema em “doar” R$50,00 ao Grêmio por mês. Somando com a minha esposa, dá bem pouco e não me fará falta. Meu perfil é de comprador compulsivo de livros e tecnologia, e quase tudo o que adquiro vem da internet. Um dos grandes problemas nas compras por internet é que se deve pagar o frete. Assim, se o Grêmio possibilitasse frete grátis em uma grande loja de varejo, e 10% em uma livraria, isso me faria pagar rindo R$ 100,00 por mês pela minha associação. Tenho em contas parceladas uma média de R$ 400,00; 10% disso já dá R$ 40,00, o que faz, no fim das contas, a minha mensalidade ser de $60,00. Dependendo do que eu comprar, só o valor do frete já completa esses pilas aí da diferença. Se o clube fizer uma parceria com uma rede de supermercados, então, com esses mesmos 10%, já me deixa faceiro de pagar R$120,00.

“Tá, mas é muito fácil falar, difícil é sair fazendo parcerias. Isso vai gerar custos ao Grêmio”. O Grêmio tem algo muito bom para “trocar” com essas lojas: a fidelidade do torcedor. Porém, o Grêmio não sabe onde o seu sócio gasta seu dinheiro. Se soubesse, podia ir diretamente às lojas onde a maioria compra e dizer: “te indicamos os nossos sócios para serem teus clientes, dizemos que somos parceiros, e eles vão lá comprar. A contrapartida é dar desconto para eles”. Simples assim. Não precisa de nada.

“Sonhou agora. Quem é que vai fazer isso nesses termos?” Vamos a um exemplo prático. A Ricardo Eletro fez, há algum tempo, uma proposta para o Grêmio, que foi aceita. É por isso que hoje existe a loja do Grêmio “by” Ricardo Eletro (a Gremio Eletro). Nela qualquer pessoa que simpatize com o Grêmio pode fazer a sua compra pelos mesmos preços que quem vai lá na loja da própria marca. Para usar o logo tricolor, é fácil presumir, rolou dinheiro. E deve ter sido uma merrequinha: 50 mil por mês (ou 100, não faz diferença). Aí o Grêmio, ao invés de usar isso para dar descontos para os sócios nessa mesma loja, embolsou o dinheiro. Perdeu de dar uma vantagem aos sócios por causa de uma merreca, que poderia ser reposta por 200 sócios a mais pagando 80 reais por mês.

Assim, penso, que ao invés de ficar discutindo a maciez do novo assento na Arena, deveríamos é chiar forte contra essa condição de ser o “banqueiro” do Grêmio. O Grêmio devia trabalhar para aumentar a receita sem ficar jogando o aumento de valores nas costas do sócio. Infelizmente essa é a única coisa que ele faz. E eu estou ficando cansado de sempre pagar essa conta.

69 Respostas to “Afinal: é caro ser sócio do Grêmio?”

  1. Emilio 7 maio 2012 at 3:20 pm #

    Fagner, estou cansado de dizer a mesma coisa que você. Já disse isso pro pessoal do consular, já mandei e-mail e nada. Nunca melhora. Imagina o cara que morá lá no amazonas e é sócio do Grêmio. Não mandam nem uma camisa de algodão para ele dizendo: muito obrigado por apoiar o grêmio de tão longe. O Grêmio só é o Grêmio por usa torcida, mas parece que a cada ano que passa se esquece mais dela.

  2. Eduardo 7 maio 2012 at 3:28 pm #

    Ótimo texto, Fagner.

  3. Bruno Giroleti Silva 7 maio 2012 at 3:32 pm #

    Cara, até uma camisa oficial por ano para quem paga esse roubo em dia já tava valendo. Mas é como tu diz no texto, quem paga em dia ganha a merda de gols, e para conseguir uma camisa nessa porcaria, teria que alem de pagar em dia, comprar uns 2 mil reais na grêmio mania. Ai eu pergunto, quem gastaria 2 mil reais? E outra, quem gastaria 2 mil reais e não teria comprado a camisa oficial?? Mas não tem problema, por que seremos campo de treinos da FIFA!!! o/

  4. Nikolof 7 maio 2012 at 3:41 pm #

    Achei os valores fora da realidade brasileira. Eu sou o tipo de sócia que não consegue ir a muitos jogos, mas sou sócia pra dar apoio ao time. Porém R$ 92,00, sem nada em troca, ainda ficando de pé ou nos cantos quando for ao estádio é muita coisa. Acho que faltam incentivos para fazer o torcedor desembolsar essa grana toda.

  5. marcos 7 maio 2012 at 3:42 pm #

    Pode crer, de 70.000 sócios em dia, para uns 20.000 em um ano, espera pra ver.

  6. Veronica Oliveira 7 maio 2012 at 3:45 pm #

    Concordo contigo em genero numero e grau.
    Estou preocupada pq hoje de manha , um torcedor gremista , me perguntou ” sera , que seremos obrigados a ir de terno e gravata ao estadio??
    Esta ficando elitizado demais , caro demais, e vejo a ARENA enxergando o torcedor, somente se usar binoculos.
    Estão afastando a ALMA do Gremio: sua torcida, a melhor do Brasil.

  7. Felipe C. Barbosa 7 maio 2012 at 3:47 pm #

    Os valores de ser sócio (como se fossemos portadores dos Season Tickets) no Grêmio é superior que os praticados na Europa.

    É claro que eles tem alguns que saem mais caros, mas são os TOP PREMIUM EXTRA MASTER (exagerando de propósito). Na média eles tem do mais barato (pegando o exemplo do Arsenal que o mais em conta custa 36 libras por temporada) até o mais caro (do mesmo Arsenal que é quase 6 mil libras).

    Mas todos recebem vantagens a serem utilizadas fora do campo. Recebem “presentes” por se associarem. Os sócios tem acesso a conteúdo específico do clube (aqui nunca ouvi falar disso).

    Além do mais, esses valores divulgados para os sócios que apenas pagarão a mensalidade dão uma ideia de quanto custará o ingresso único pra cada espaço. Serão caríssimos.

    Ontem num debate sobre isso com meu pai acabei chegando a uma conclusão: nos países de primeiro mundo praticam valores que seriam adequados ao terceiro e nos de terceiro praticam valores que seriam altos nos de primeiro. Vai entender.

  8. Raukoores 7 maio 2012 at 3:47 pm #

    Concordo total, sobretudo com o Emilio. Marketing é uns tomates verdes. Moro em Brasília, e já pensei em ser socio do Grêmio, apesar de raramente conseguir ir pra POA, 1 vez a cada ano em média. Acho que falta ousadia ao marketing. Dou um exemplo de algo que ouvi que faziam com a torcida do galo, não sei se é verdade. O associado “a distância” tinha direito a 50% de desconto na camisa no fim do ano. Ora, o que nosso time faz? Some com as camisas antes de lançar a nova e provavelmente não faz nada com elas, alem de um descontinho aqui ou lá. Ora, eu pagando 70 pilas pro mês, ao fim do ano dá 840 R$. Mas se me enviassem no fim do ano uma camisa do Grêmio, eu pagaria feliz a mensalidade. Vai me falar que a conta não fecha? E essa do Grêmio Electro é ridícula. Não ganhamos nada com isso, alem de um monte de SPAM. Não tem nem uma geladeira azul ou uma sanduicheira com o escudo do Grêmio.

  9. Léo Viana 7 maio 2012 at 3:49 pm #

    vou tentar simplificar – o Grêmio vai perder sócios. O porque disso: não vou entrar no mérito da comparação dos estádios, a Arena é uma realidade e um avanço para o Grêmio, mas para o sócio torcedor (que é a maioria dos sócios vai ser um absurdo). Vejamos, hoje o sócio torcedor que é dividido em (ouro e diamnante) pagam 26 e 45 reais consecutivamente. E esse valor vai ir para no mínimo 92 reais. Vamos falar da realidade, a maioria dos sócio ouro são do interior do estado que escolhem certos jogos para ir ao Olímpico e vão escolher certos jogos para ir na Arena, pois, têm vários motivos: a distância, uns morando a mais de 500 km de Porto Alegre o dia do jogo, pois no dia seguinte tem tabalho e até mesmo fatores financeiros.
    Agora vou relatar o meu caso e acredito que têm vários torcedores do interior nesta mesma situação:
    Sou sócio torcedor diamante e moro em Uruguaiana, ou seja, 649 km de Porto Alegre, sendo assim, escolho alguns jogos por ano para ir ver o Grêmio. Pago 45 reais, poderia ser o sócio “ouro” e pagar 26, mas posso ajudar com 45 reais.
    Mas agora pagar 92 ou 120 reais por mês é quase impossível, não fecha com meu orçamento, mais que queira ajudar o Grêmio, preciso pensar no meu dia a dia. Sendo assim, acho que o Grêmio está eletizando a torcida, ou seja, está benificiando as pessoas que tem cadeira, ou seja, pessoas com maior poder aquisitivo e esquecendo do sócio torcedor, aquele que paga 26 e 46 por mês, esses têm motivos para pagar isso e são a maioria da torcida e estão sendo esquecidos pela direção para benificiar a torcida das “cadeiras”.
    Por isso acho que vamos perder sócios, pois quando vão me chamar para eu escolher o plano que seria no meu caso de 92 reais, não sei se vou conseguir pagar esse dinheiro por mês, triste isso, queria ajudar o Grêmio, mas não posso comprometer meu sustento.

    saudaçãoes tricolores de um sócio torcedor a caminho da extinção

  10. Trento 7 maio 2012 at 3:58 pm #

    Perfeito. Vamos bolar um plano. Juntar a galera toda e reivindicar. Algo precisa ser feito. Isto me cheira aquele velho papinho: “Se colar colou”

  11. Mateus 7 maio 2012 at 4:00 pm #

    Parabéns pela análise, o problema das gestões atuais estão nesses dinossauros administradores, que acham que entendem tudo e que o mundo continua igual o que era 30 anos atrás, acabam não atualizando as suas ideias e quem paga somos nós, apaixonados pelo futebol e pelo Grêmio. Pelo amor de Deus, o Grêmio precisa de renovação, ideias novas, como essa tua ai. Arriscar é preciso, senão ficamos nesse marasmo. Nesse eu quero, mas é dificil fazer..

  12. Matias Schuler Guenter 7 maio 2012 at 4:01 pm #

    Fagner, fecho contigo.
    Não fico tão raivoso hehehe mas concordo. E isso me parece ser de responsabilidade do departamento de Marketing, não?
    Esse departamento é um mistério para mim. Não tenho acesso aos bastidores e a rotina do Grêmio, mas parece, olhando de fora, que esse departamento nada faz. Ou, para ser justo, faz muito pouco.
    Tivemos a parceria com o Banrisul, que proporcionou o “Plano Azul”. Ideia muit interessante. Ponto pra eles. Mas parou por aí?

  13. Miguel 7 maio 2012 at 4:07 pm #

    Doação. Tu usou o melhor termo possível… ainda mais pra quem mora longe ou, simplesmente, não tem o costume de ser assíduo no estádio(meu caso). Outra coisa(além da sensação de ajudar por ajudar) que me motiva a seguir sócio é a possibilidade de votar nas eleições, mas pra quem é de fora de POA(como o Emilio ali em cima bem disse… e o torcedor que mora no Amazonas?)? Como fica? Ao ver campanhas de associação no PFC antes dos jogos… deve se perguntar “por quê?”.

    Comentando com o Fagner no twitter, cheguei a falar sobre o desconto(bem interessante) que é dado nos cinemas do GNC: 10 pilas em qualquer dia da semana. Mas… pra quê te fazer ir até o Olímpico comprar os ingressos pra depois ir ao cinema? Por que não usar a carteirinha de sócio como os estudantes usam as suas? É um erro bobo, que faz uma parceria bem interessante soar inútil.

    Claro que tem algumas coisas legais(tipo o desconto no site da Dell). Mas, pelo preço, o nosso plano de associação deveria ser muito atraente até pra quem não tem como frequentar o estádio. Um sistema de pontos(como o da artilharia tricolor) que se estendesse aos parceiros ou algo assim. Mas como exigir isso de um clube que não tem noção ou informações sobre a sua base de sócios ou clientes EM POTENCIAL. Aquela coisa toda de Exército Gremistas poderia ter sido um CASE de marketing… de como conhecer o seu mercado e como direcioná-lo… mas virou só uma ferramenta de quem não é sócio comprar ingressos pela internet.

    Depois de ler esse post, fui no site do Benfica(que diz ter o maior número de sócios do mundo) ver as vantagens que eles oferecem. Tudo muito parecido com o que o Grêmio oferece… a diferença tá na mensalidade: 13 euros por mês. Eles oferecem na proporção do que cobram.

  14. Marcelo 7 maio 2012 at 4:23 pm #

    Discordo. Eu (e acredito que a maioria dos sócios) sou sócio por causa do Grêmio e não por causa de descontos totalmente irrelevantes (que existindo vão servir de justificativa para os preços das mensalidades).

  15. Snel 7 maio 2012 at 4:31 pm #

    Fagner, acrescentado: não temos uma sede social, com salão de festas, piscinas e demais benesses que um clube oferece.

    Entendo o lado dos que dizem que o Grêmio é o futebol e mais nada, mas esquecem-se estes que o Grêmio possuía piscina, esportes olímpicos e tudo o mais, tudo sucateado ao longo dos anos por ingerência, falta de dinheiro e falta de interesse em manter isso.

    Quem aqui não gostaria de passar uma tarde na piscina do clube e após ir assistir um jogo? Quem aqui não gostaria de alugar um salão ou um quiosque no Grêmio pra fazer um aniversário, uma confraternização ou um simples churrasco? Quem aqui não gostaria de praticar judô ou natação no clube que ama?

    Todos, acredito eu. Eu acho fundamental e salutar esse tipo de coisa: uma aproximação cada vez maior, uma vivência todos os dias com a instituição. Viver o Grêmio todos os dias. Isso seria muito legal.

  16. Miguel 7 maio 2012 at 4:37 pm #

    @Léo Viana: os planos de 26(10%) e 45(50%) por mês vão seguir existindo como hoje… só que os que tem 50% de desconto só o terão pro anel superior. Pra mim, esse segue sendo a melhor alternativa pra quem não vai sempre no estádio, mas quer ser sócio. E que deveria ser mais valorizado, porque é o que menos tem algo em contrapartida(especialmente os de fora de POA).
    O que passa a custar 92 por mês é aquele que vai na social e não compra ingresso, só paga a mensalidade.

  17. Miguel 7 maio 2012 at 4:39 pm #

    @Snel: concordo inteiramente. Uns tempos atrás eu sonhava com a volta das modalidades amadoras e até um time de rugby do Grêmio, haha. Mas acho isso, no mínimo, complicado no momento atual. Acho que a prioridade deveria ser a que tu disse… de criar uma EXPERIÊNCIA pro sócio extra-futebol. Revitalizar e potencializar o uso da ilha do Grêmio já seria um BAITA lance, especialmente pela localização.

  18. Daniel Souza 7 maio 2012 at 4:47 pm #

    Ja fui sócio torcedor, mas desisti porque nao vale a pena! Quem é do interior do estado sabe que se for em 4 ou 5 jogos no ano acaba gastando a mesma coisa que ser sócio torcedor e ter desconto no ingresso.

    Tanto Grêmio como o Inter exploram muito mal o torcedor do interior do estado. Mas vejo que os meus amigos colorados ainda ganham uma revista (mensal ou bimestral) do clube e tem um desconto na mensalidade proporcional a distancia. Não é lá grandes coisas, mas não deixa de ser um afago no torcedor. Não é um “tu paga e eu recebo e deu!”

    Porque o torcedor do interior, o que mora longe, não vai ir a todos os jogos. Tem a mensalidade, o deslocamento, alimentação e o tempo indo e vindo pra ver um jogo. Só se não trabalha ou não tem familia.

    E como ja tive comércio as margens da BR 386 a gente sabia que tanto Olimpico ou Beira Rio iriam lotar pelo número de ônibus e vans que passavam com torcedores identificados no meio de uma tarde de dia útil.

  19. Matheus 7 maio 2012 at 4:50 pm #

    A real é que se dentro de campo o time desse alegrias pra torcida todo mundo esqueceria qualquer desconto ou vantagens.

    Mas pagar pra ver jogos de merda e um time que não ganha nada há 10 anos eu prefiro fazer um cartão da PANVEL ou da CULTURA.

    E o Odone acha que a Arena é que nem o “Campo dos Sonhos” com o Kevin Costner “If you built it they will come”, não basta só construir a Arena e achar que todo mundo vai vir correndo querendo dar a bunda nela.

  20. Bruno 7 maio 2012 at 4:56 pm #

    Tenho quase certeza que os valores dos sócios torcedores ouro e diamante não irá mudar.

  21. Alvaro 7 maio 2012 at 5:01 pm #

    Fenomenal.

    Fico realmente pensando que é uma pena.. mas irei assinar o PPV e deixar de ir na Arena.

  22. Lucas von 7 maio 2012 at 5:01 pm #

    Concordo contigo. Todo mundo dizendo: “ah, mas a Arena vai ter conforto, melhor estádio da América”. Hoje o torcedor já paga caro pra sentar no concreto, queria que alguém explicasse isso. E além de não termos praticamente nenhuma vantagem, mal temos um time, e jogamos dinheiro fora com os “Gabriel” da vida.
    Acontece que com esses preços só teremos a superior cheia, com a inferior vazia. Um baita estádio, vazio.
    O Grêmio não é nada sem o torcedor e sem o sócio, pensem nele com carinho, naquele mesmo torcedor que pagou mensalidade para assistir no concreto Grêmio x Anapolina em 2005.

  23. Emilio 7 maio 2012 at 5:04 pm #

    O Barcelona, tem mais de 200 mil sócios, tendo sócios no mundo todo, inclusive no Brasil. Sabem oq ue eles fazem com o sócio que não vai ao estádio no ano? mandam um kit com camisa e outros materiais. Isso o Grêmio podia aproveitar, pois é um case de sucesso. Mas apresenta? não.

    Em Palmas-TO existem mais de 300 pessoas cadastradas no exército gremistas. Sabem quantas são sócias? 8. Sabem por quer este número mixuruca? Falta de retorno a este torcedores.

    Concordo que ser Gremista é ajudar ao Grêmio, mas não podemos ficar só nisso. Eu mesmo além de ser sócio proprietário, comprar camisas todos os anos e participar de tudo, inclusive do plano azul, sabe o que eu ganho com isso. Nem um muito obrigado. Somente ganho o prazer de ser gremista e de colaborar com o clube. Mas uma hora cansa.

    E quando fazem lançamento de coleção de uniformes, deixam o sócio sentado no concreto frio lá do olímpico para uma meia dúzia ficar na área vip tomando espumante na sua cara!

  24. Adriano GREMISTA 7 maio 2012 at 5:46 pm #

    Concordo, o marketing só sabe dar camisa personalizada prá artistas, cantores, etc. Mas o que esperar de um depto que, com tantos ídolos na história do clube, escolheu o Luxa (que até bem pouco tempo era detestado pela nossa torcida) como “garoto propaganda” da campanha de despedida do Olímpico ? E com relação à festa de lançamento das camisas, igonoraram os ídolos também. Eu sou sócio há mais de 30 anos e fiquei assistindo de longe, na social, me deu nojo de ver lá no meio da festa um bando de vagabundos enchendo a cara, e muitos nem sabem o que representa a história do Grêmio.

  25. Adriano GREMISTA 7 maio 2012 at 5:50 pm #

    Certo, eu felizmente ainda peguei a época em que a gente podia curtir as piscinas e depois ir direto pro jogo. Até a ilha, que nem era muito divulgada e foi “descoberta” por alguns sócios ano passado, abre em Dezembro e fecha em Março. Liguei na semana passada interessado em fazer um churrasco com alguns amigos e foi essa a informação que me deram, sem muitos detalhes, aliás, acho que a atendente nem sabia que o Grêmio tinha uma ilha. Infelizmente aqueles que comandam o clube não valorizam o clube, principalmente SUA TORCIDA, SEU PATRIMÔNIO E SUA HISTÓRIA.

  26. Cássio 7 maio 2012 at 5:52 pm #

    Tchê, sei que estou indo contra a maioria, mas vou deixar aqui o meu protesto. Concordo que os preços são salgados, que essa política adotada poderá “elitizar” o quadro social, mas sejamos honestos: alguém realmente achava que a conta de uma arena novinha, com um investimento grandioso por parte de um empresa multinacional, seria baixa? Aqui nesse blog pipocaram mensagens de apoio à construção da arena, da modernização do Grêmio e tal e coisa… agora que a conta chega, vai começar a choradeira? Acho que vale um reflexão maior. Tanto a direção, como todos nós torcedores ainda estamos em fase de aprendizado a respeito da arena. É preciso dar tempo ao tempo, e tudo se ajeita com experiência e dialogo. Só depois de construída é que poderemos mensurar o quanto nos vale a arena e, aí sim, poderemos cobrar mais ou menos da direção e da gestora. Se o projeto arena fosse engavetado, não faltariam torcedores para meter o pau. Agora que a arena está prestes a tornar-se realidade… uma bela realidade, por sinal… esses mesmos torcedores reclamam ou do preço, da “falta das piscinas” (como se alguém estivesse preocupado com aquilo), ou seja lá do que for. Eu, mesmo sentindo no bolso, prefiro garantir meu espaço na arena e me manter atento ao que esse projeto poderá me trazer de benefícios como torcedor e cidadão porto alegrense. Depois, sim… depois de experimentar esse novo conceito de “consumo de futebol”, poderei reclamar, com razão, do que me está sendo ofertado pelo preço que pago. Antes disso, me desculpe a maioria, é precipitação. É gritaria desarrazoada. Muitos que hoje criticam, tenho certeza que, ao rolar a bola no gramado da arena, acomodados sobre um confortável e exclusivo assento, dirão: valeu a pena! Saudações tricolores.

  27. FSBazul 7 maio 2012 at 6:04 pm #

    Fagner e Snel,
    Eu sou Sócio do Grêmio desde o tempo em que o clube tinha piscinas, frequentáveis pelos associados.
    Além da má gestão, o abandono daquele modelo talvez tenha a ver com o fato de que alguns Conselheiros de então não gostavam de ver suas filhas e irmãs “convivendo” com “jogadores de futebol”. Não importa.
    Inventaram a entrada grátis no Olímpico para justificar mensalidades cada vez mais altas. Agora a Arena está sendo usada da mesma forma.
    Pois que voltem a idéia original por trás do Sócio Torcedor: mensalidade barata, para permitir a participação dos que querem ajudar o Clube, mesmo sem poder ir ao estádio/arena. Sem ingresso grátis. Com mais gente no estádio.
    Quanto a minha categoria, Sócio Patrimonial, ela vai diminuir. Passar a pagar 3 vezes mais do que se pagava há apenas alguns anos, para poder assistir aos jogos de onde sempre assisti na Social do Olímpico é “fora da casinha”.
    Melhor comprar o ingresso lá de vez em quando. E deixar de votar e fazer de conta que algo vai ser diferente no Grêmio. Não vai. Ou melhor, vai ser diferente, sim. Vai ser um Clube elitizado. Cheio de torcedores virtuais, no PPV, no Twitter e Facebook. Mas com cada vez menos gente na “Bombonera de Porto Alegre”.

  28. DANIEL CARRION 7 maio 2012 at 6:11 pm #

    “E o motivo é muito simples: não ganho ABSOLUTAMENTE NADA por ser sócio do Grêmio.”

    Ser sócio é uma honra !!! Dinheiro gasto com o Grêmio é dinheiro bem gasto e não deve nunca ser considerado bem gasto ou não. O Dinheiro gasto com o Grêmio é fruto de um amor !!! É a mesma sensação que gasto quando compro coisas (algumas mais ou menos inúteis; ou por pouco tempo, devido ao crescimento; ou por querer dar uma coisa melhor). Nessas duas situações e não fico nesse mesquinharia de dar a devida importância ao dinhiero gasto, por que é gasto em razão do amor !!! Não queiram compara o GRÊMIO, com uma SOGIPA, KM DE VANTAGENS DA IPIRANGA, UNIFICADO, BANCOS, SITES DE DESCONTO E ETC !!!

    Não está feliz, solução simples: DEIXA DE SER SÓCIO E PAGA INGRESSO TODA VEZ QUE FOR AO JOGO !!! NINGUÉM É SÓCIO OBRIGADO !!!

  29. Lucas von 7 maio 2012 at 6:29 pm #

    Se não me engano, no ano passado, o sócio que foi em TODOS os jogos do ano foi presenteado, com uma bola e uma camisa exclusiva (aquelas do tipo “exército gremista”). Pelo amor de deus né, além de pagar um valor alto na mensalidade, e ir em TODOS os jogos, o Grêmio não é capaz de dar uma camisa oficial, enquanto qualquer famosinho é presenteado, LAMENTÁVEL.

  30. Daniel 7 maio 2012 at 7:07 pm #

    Talvez a diretoria não dê mais vantagens aos sócios porque o dinheiro já tem sido muito bem investido na montagem dos grandes elencos que conquistaram títulos nos últimos dez anos… No, wait!

  31. Fagner 7 maio 2012 at 7:18 pm #

    Cássio, a Arena é fundamental para o Grêmio. Não questiono nem mesmo os valores. O que questiono é a falta de profissionalismo do Grêmio que, simplesmente, vai desfrutar do que poucas pessoas vão pagar. Sendo que podia buscar malternativas bem mais interessantes e rentáveis do que simplesmente apresentar a conta aos sócios.

    Daniel, realmente, eu amo o Grêmio. Tanto que não me importo de doar os pilas que dôo faz sete anos. Agora, nem todos pensam assim. E eu vou ter uma filha. E, te garanto, por mais gremista que eu seja, tem coisas que eu amo muito mais que o Grêmio e, se ele quiser concorrer com isso, vai se estrepar feio. Nem prostituta depende de amor para sobreviver.

    Saludos,
    Fagner

  32. Ubiratã 7 maio 2012 at 7:25 pm #

    Léo,
    Também sou sócio-torcedor e , pelas informações que consegui até agora, o valor que pagamos será reajustado apenas pela inflação. Claro que continuaremos tendo que comprar ingressos para cada jogo (50% de desconto).
    Os valores apresentados são apenas para sócios que não pagam ingresso.

  33. Diego 7 maio 2012 at 7:38 pm #

    Véio, na boa, não sou sócio-torcedor pelos beneficios, até pq não existem, mas sou sócio para ajudar o GRÊMIO. o problema, é que o Grêmio não se ajuda… Porra, 45 R$ por mes mais metade do ingresso??? vou a 1 jogo por mes… pq não ganho que nem politico… o valor absurdo, não me permite comprar a camiseta do ano… então eu uso a minha de 1996… claro que tenho umas que paguei 99,00 (a retro de 83 e uma da toper do ano passado, que comprei esse ano)… mas a que eu uso é a de 96!!!
    por mes gasto 100R$ com o Gremio, entre mensalidade e ingressos… e se eu quiser conforto, assino o ppv e ainda tomo ceva em casa… Para 100 mil sócios, a mensalidade teria de ser 20 pila no sócio diamante e metade de um ingresso que custasse até 40 pila!!! Sds Tricolores!!!

  34. Paulo_PoA 7 maio 2012 at 7:44 pm #

    Fagner,

    o sócio passou a ser um problema nos atuais moldes do futebol.
    A TV paga 35 milhões anuais. O patrocinador, não sei qto. O namming rightd, 10 milhão ano. Venda (revenda) de atletas, outros 20 (ou mais) milhões. PPV não sei mais qto. O sócio, quando muito, 12 milhões ano. E encomoda.

    Essa atitude da diretoria do Grêmio fez virar pó aquele número mágico de 100.000 sócios. Implodiu até mesmo os atuais 56.000.
    É difícil de entender essa lógica aplicada de menos sócios a preços altos contra mais sócios a preços menores.
    Porque não optaram pela meta de 100.000 a R$40,00 ao invés de 20.000 a R$200,00?
    Com 100.000 enchemos a Arena mesmo jogando contra Ipatinga ou RiverPlate/SE e empurramos o time pra dentro do gol.
    Com 20.000 vai ter um bando de terno&gravata, como disse a colega ai em cima, no centro do estádio parecendo “uns pinguins de geladeira”.

    Eu vou dar de folga o primeiro semestre de 2013 e depois, espero não ter que tomar uma descisão que não quero.

    Me preocupa o que parece ser uma morte anunciada.
    Sei lá.

    Dá-lhe Grêmio!

    Abr.,
    Paulo

  35. Léo Viana 7 maio 2012 at 8:28 pm #

    vi agora no site que o sócio torcedor ouro e diamante vão continuar pagando a mesma coisa que estão pagando hoje e com os mesmos benecífios. OK, blz, mas desculpem minha “ignorânia” mas agora não estou conseguindo entender quem são os sócios que vão pagar a mensalidade de 92 ou 120 reais se os sócio torcedores ouro e diamante continuam com as mesmas mensalidades?

  36. Émerson André 7 maio 2012 at 8:38 pm #

    Também sou adepto de que sou doador de grana para o Grêmio, e alias uma grana muito mau usada. O Odone com seu amadorismo de gestão, em nenhum momento justificou o aumento.
    Não gostei da gestão do Duda, mas pelo menos, quando aumentou, justificaram que era um time para libertadores, enfim, e este time deste ano? R$ 86 reais, isso que nenhum tinha luxemburgo ainda.

    Uma das vantagens de ser sócio, não usufruo mais que é de ter acesso livre as catracas.
    Até acho que as vezes o Grêmio quer que todos virem sócios torcedores, ou diamante. Que obviamente vai ser o preço da metade do mais barato. Acredito que o socio torcedor, pagara o valor de meia do mais barato mais o valor do ingresso conforme o setor da Arena.

    Caro é. As vantagens são poucos. Beneficios que queria eram títulos, tipo taça no armario, porque disputador o número de sócios com o fake colorado é lamentável.

  37. Daniel Souza 7 maio 2012 at 8:39 pm #

    Daniel Carrion…
    Tu é sócio?
    Faz o seguinte… Paga a tua mensalidade e abre mão de ir aos jogos. Aí acredito na tua honra e amor em ser sócio do clube sem se preocupar em quanto ta pagando ou onde ve jogo no estádio.

    Ninguém é mais ou menos gremista por ser ou não sócio. O que a maioria esta reclamando e com razão é o aumento do preço desse amor e pra onde estão sendo colocados na Arena.
    Burrice jogar fora “clientes fiéis” de 10, 20, 30 anos pagando mensalmente seu “amor e honra” de ser sócio do clube. Uma empresa privada que fizer isso quebra!
    Talvez por isso que na nossa empresa a dívida aumente consideravelmente ano após ano mesmo ganhando uma maior verba da TV e patrocínios.

  38. Lucas Dornelles 7 maio 2012 at 8:43 pm #

    Tenho 3 cadeiras no Olímpico, pago uma fortuna por mês pra sentar num lugar ruim e sujo (seguido tem bosta de pomba ou morcego nos assentos das cadeiras) pra ver um time que a 10 anos briga mais forte no conselho deliberativo que e em campo.
    E a única vantagem mesmo é os 10% da Grêmiomania. O resto é só enganação.

  39. Daniel Souza 7 maio 2012 at 8:47 pm #

    Léo Viana
    Pelo o que eu entendi o Sócio Torcedor continuará pagando o mesmo preço da mensalidade tendo o mesmo direito de descontos na compra do ingresso.
    Mas parece que tais descontos só no quarto anel. E como não sabemos os preços de ingressos avulsos ainda é uma incógnita quanto vai ser pra um Sócio Torcedor assitir um partida em qualquer setor escolhido.

  40. Marcelo 7 maio 2012 at 9:38 pm #

    Imagina: 92 é o valor mais BAIXO pra quem for sócio sem comprar ingresso. QUANTO vai ser o ingresso pra valer a pena pagar 92 durante TODO o ano, inclusive em épocas sem jogo, e continuar a ser sócio…

    o mais barato vai ser cinquentão..
    pode ter CERTEZA!

  41. Fabiane 7 maio 2012 at 10:21 pm #

    Paulo_POA:
    Segundo o próprio Antonini, tua informação sobre sócio ser um “incômodo de baixo rendimento” (parafraseando livremente teu comentário) tá errada:
    “Nosso quadro social responde pela segunda maior receita, só perde para a receita de TV.” (http://www.correiodopovo.com.br/Esportes/?Noticia=419171)

    O Fagner já tinha matado essa xarada em outro post, no início deste ano. Desde que a Arena foi oficialmente anunciada, a mensalidade paga pelo sócio dobrou, “coincidentemente” cobrindo os 50% do acordo com a OAS. A matemática pode até estar certa, mas, na prática, quantos sócios serão perdidos? E mais sócios não significam mais arrecadação e mais visibilidade para a Arena, portanto mais arrecadação ainda? É, nosso dpto. de marketing tem que voltar para a sala de aula, se é que esteve lá um dia…

  42. Ana Ferreira 7 maio 2012 at 10:31 pm #

    Léo Viana

    O Sócio torcedor ouro e diamante, continua com os mesmos valores aplicados atualmente.
    A diferença, o diamante terá desconto de 50% no valor do ingresso na geral ou 4ºanel atrás do gole 10% nos outros setores. Sócio torcedor ouro terá desconto de 10% onde o diamante tem 50% e só.

  43. Marcelo tricolor 8 maio 2012 at 9:31 am #

    Façam o seguinte então: Parem de pagar e quando quiserem ir a um jogo bom, fiquem horas na fila ou paguem aos cambistas…Concordo que o nosso mkt não existe, então cabe ao sócio na próxima eleição exigir o profissionalismo que falta a todas as direções do clube nesses últimos 15 anos. Fazer mimi e deixar de ser sócio não resolve a questão…

  44. Marcelo tricolor 8 maio 2012 at 9:33 am #

    Quanto é o mais barato hoje no Olimpico? Deve ser uns R$40,00, então se tem mais jogos no mês, e tu gosta de ir aos jogos, continua valendo a pena ser sócio.

  45. Felix 8 maio 2012 at 9:45 am #

    Parabéns pelo texto Fagner!

  46. Paulo_PoA 8 maio 2012 at 10:21 am #

    #Fabiane

    acho que o Antonini está sob pressão. Stress!
    Usa o verbo no tempo errado. Deveria conjugar o verbo no pretérito imperfeito (respondia).
    Fico triste de ver que o “quadro social – torcida” não responde, soberanamente, pela renda do clube.
    Isso vai provocando o redirecionamento do foco da administração. Provavelmente os valores que a Arena vai “injetar” nas finanças do clube serão maiores que as dos sócios/torcedores”.
    Não te trasmite a impressão de que será um clube SEM torcida? Ou muito pequena?
    Usando o exemplo da tv (segundo o Antonini, e isso não é segredo, é a 1º fonte de dindin), não te dá a impressão que, basta fazer os jogos numa caixa, trasmite e tu, em casa, assiste numa outra caixa?

    Como escrevi lá no outro post: vou “dar” o 1º semestre de 2013 para ver como tudo isso vai se definir. Depois tomo uma descisão (ou não).

    Enquanto isso, vamos todos ao “velho casarão” empurrar.

    Dá-lhe Grêmio!

    Abr.,
    Paulo

    PS.: por favor não interprete meu comment como “anti-arena”. Por favor não! Mas acho que deveriam ter tido a coragem de deixar claro que a Arena é a casa do torcedor do Grêmio! Do jeito que vai a coisa, será o lugar de quem tem o dindin.

  47. Adriano GREMISTA 8 maio 2012 at 11:09 am #

    Discordo que essa arena seja fundamental para o Grêmio. O Grêmio viveu 108 anos sem ela !! O fundamental para o Grêmio em toda a sua história é a sua TORCIDA ! E isso o clube está jogando fora ! Preferem ter um estádio moderno, mas vazio, com 5, 10 mil sócios de bom poder aquisitivo, pagando 200, 300 reais por mês, do que um estádio lotado com 40, 50 mil pessoas pagando 50, 70 reais por mês. A maioria das pessoas mundo acha que só pela mudança de endereço e o “novo estádio” as coisas vão mudar, como num passe de mágica. Se a incompetência e a vaidade continuarem reinando no comando do clube, a situação ficara bem pior, porque nesse caso nem patrimônio teremos. Acho que, prá quem vai a todos os jogos, ainda vale a pena ser sócio, mas convenhamos que, para a maioria da torcida é muito difícil acampanhar os valores sugeridos. Estão cobrando valores de primeiro mundo em um país de terceiro mundo. E, como já disse, os valores de 92,00 e suas respecitivas localizações soam como um “prêmio de consolação” a quem tanto contribuiu com o clube. Tipo, agora estamos pelo dinheiro, quem tem condições paga, e vcs, se quiserem fiquem lá em cima, pagando “baratinho”…

  48. Éverton 8 maio 2012 at 11:25 am #

    Pessoal, esses valores são para a outra modalidade de sócio, para sócios que possuem cadeira.
    As categorias de sócio-torcedor diamante e ouro ainda nem tiveram os valores anunciados e devem permanecer iguais com correção para inflação!

  49. Rafael 8 maio 2012 at 1:21 pm #

    Já tá ficando chata essa história do Fagner SEMPRE acertar em cheio nos seus textos aqui.

    Muito bom, parabéns!

  50. mario almeria 8 maio 2012 at 1:31 pm #

    Visão distorcida e faltando com a verdade.
    Só o desconto que recebo para ter o plano de saude da unimed, paga a mensalidade de sócio.

    Não fosse o propósito politico da critica, até poderia ter mais valor, mas as pessoas ficam cegas para conseguir uma boquinha no clube e distorcem as coisas.

  51. Luciano 8 maio 2012 at 1:43 pm #

    Quer quiosque, camping, lazer…vai à ilha do Grêmio.
    Porra, o Grêmio tem uma ilha disponibilizada para o sócio e ninguém fala, ficam nesse chororô de “na europa é assim.”
    http://www.gremio.net/news/view.aspx?id=13666&language=0

    Na real, esse chororô é pela falta de títulos. Eu só quero a volta deles, não um desconto idiota na panvel.

    Aliás a ideia do texto, de que o Grêmio descubra as preferências consumeristas dos sócios esquece que nem todos tem as mesmas diferenças. Gosta de livro e eletrônicos? Eu não. SEmpre vai ter um insatisfeito como vocês.
    Santa paciência!

  52. Daniel Souza 8 maio 2012 at 2:42 pm #

    Bah… mas que conversinha essa do não ta satisfeito então deixa de ser sócio.
    Parece uma vereadora aqui de Rio Grande que se manifestou no FB esses dias com algo do tipo: “Que mania de reclamar. Não ta gostando? Te muda de Rio Grande”

    E no mais, achei que o cadastramento no Exército Gremista era justamente pra conhecer o perfil do torcedor.

  53. Sena 8 maio 2012 at 2:43 pm #

    Concordo com TODO o post,concordo também com a maioria dos comentários,mas não é isso que dizer.Porra do caralho ! esse negócio de arena tá chato,antes era só a direção,e agora a torcida entrou na ”onda” da arena. Estádio novo é o ano que vem,e todo mundo só fala no ano que vem,é por tanto desinteresse da torcida com time e olimpico e principalmente descaso da direção com esse ano tão importante que provavelmente (que eu me queime a lingua) não ganharemos nada ! a torcida não vai em peso AO ÚLTIMO ANO DO MONUMENTAL e não se mobiliza para os jogos (salvo raras excessões,ex: A Geral ) e a direção foi burocrática como sempre,não foi capaz de fazer 1 grande time,trouxe 1 puta ataque e + 2 ou 3 jogadores medianos para enganar somente,qualquer 1 sabe que temos VÁRIAS lacunas no time e ainda perdemos grande parte do que funcionava ano passado.Assim não dá vivente ! só pensam em arena,arena só ano que vem,tem que pensar é no olimpico,neste ano que tem que ser diferente,tem que ser glorioso,como o Grêmio e o monumental !!

  54. Adriano GREMISTA 8 maio 2012 at 5:50 pm #

    Mario: não vi nenhum propósito político no post assim como o meu comentário não teve essa intenção, até porque não faço parte de nenhum movimento político. Mas continuo com a ideia de que os valores propostos vão afastar os sócios que não pagam ingresso(esse é um objetivo claro) e a torcida em geral. E o retorno que esperam, a adesão dos “espectadores” de maior poder aquisitivo, não acontecerá. Estes continuarão confortavelmente em suas, pois não tem o costume de frequentar o estádio.
    E aí, sem a força da sua da torcida, num estádio frio, sem indentificação com a história do clube, sem a mística do Olímpico, o que será do Grêmio ? No primeiro ano a arena até poderá ser novidade, mas depois ?? E a presença de público depende MUITO dos resultados em campo. Daqui a algum tempo, terão de repensar os valores e buscar a torcida de volta.
    —————————————-

    Luciano:
    Npos sabemos que existe a ilha, mas nem todos sabem. E te convido a tentar frequentá-la agora. Só abre de dezembro a março. Liguei para o clube samana passada e me deram essa informação, nem mais um detalhe. Sei também da história de uma turma formada por sócios, que certa vez tinha a intensão de fazer um churrasco lá e, por criticar a atual gestão em um determinado site, quando chegaram no portão da ilha foram barrados…

  55. Diego 8 maio 2012 at 6:52 pm #

    Para melhor ilustrar o debate, vejam os preço por jogo para cada um dos novos valores de mensalidade.
    Considerando em torno de 40 jogos em casa por ano de Libertadors(19Br-12G-9LA):
    Mens-Anual-Por jogo(40)
    92–1104-27,6
    120-1440-36
    169-2028-50,7
    183-2196-54,9
    220-2640-66
    269-3228-80,7
    Considerando que o torcedor vá a 30 jogos:
    Mens-Anual-Por jogo(30)
    92–1104-36,8
    120-1440-48
    169-2028-67,6
    183-2196-73,2
    220-2640-88
    269-3228-107,6
    Preco dos ingressos para Gremio x Fortaleza:
    Cadeira Central: R$ 60,00
    Cadeira Lateral: R$ 50,00
    Arquibancada: R$ 40,00
    A principal vantagem de ser socio é e sempre foi na minha opinião o conforto de não precisar ficar correndo atrás de ingresso, principalmente nas grandes decisões, e a economia que se faz indo a todas as partidas. Pra quem vai pouco ao estádio ser sócio é muito mais contribuir com o clube do que obter alguma vantagem. Neste caso, pondo na ponta do lápis, em termos finaceiros é mais negócio comprar ingresso avulso. Concordo plenamente que o Gremio deva criar mais atrativos para o sócio, principalmente aquele que pouco vai ao estádio. Mas nada a ver com churrasqueiras e piscinas, isso é coisa do passado, não existe mais, futebol hoje não tem nada a ver com clube social. O torcedor que for a menos de x% dos jogos ganha uma camisa oficial, ou coisa do genero, como sugeriram acima, ou desconto na mensalidade se mora longe. Quem vai a todos os jogos ja esta economizando, a vantagem é esta, além de evitar filas e ter seu lugar garantido.
    Eu entendo que só depois que seja vista a aceitação para as novas mensalidades, quando estiver terminada a migração, o Gremio poderá reavaliar os valores. A tendencia a meu ver é que tenham que reduzir os valores no anel inferior sob pena de que fique vazio, anulando o fator caldeirão.
    Minha grande dúvida é a seguinte: se os sócios patrimoniais tomarem o anel superior e a geral, como se espera, quanto vai sobrar para a venda de ingressos baratos? Ha o risco do socio torcedor e torcedor comum ficarem apenas com a opcao dos ingressos mais caros do anel inferior, afastando-os do estadio.

  56. Daniel Souza 9 maio 2012 at 9:35 am #

    Existe um boato que os Conselheiros teriam uma modalidade de sócio especial que permitiria ver o jogo de qualquer setor do estádio mesmo pagando 92 reais de mensalidade. Mesmo aqueles conselheiros que nunca foram numa reunião.

    Existe algum Conselheiro que possa esclarecer pra saber se isso realemente é verdade???

  57. Fagner 9 maio 2012 at 12:45 pm #

    Diego, para fazer 40 jogos nos moldes que passou, temos que ter um time melhor do que temos hoje. Mas não é esse o problema de olhar por esse ponto de vista. Imaginemos a situação de que todos os gremistas de Porto Alegre entendam a tua explicação e busquem associação. E imaginemos que o Grêmio aceite, mesmo sabendo que isso não vai acontecer nunca. Temos, aí, um limite de 60 mil sócios (a capacidade de estádio) como limitante. É, mais uma vez, pensar apenas no campo. Temos vida fora do Olímpico/Arena e o Grêmio pode aumentar muito mais o seu quadro social (e baixar a mensalidade que vem praticando) se parar de remoer essa relação com o jogo. Isso é muito importante, mas existem outras coisas que também são.

    60 mil de 7milhões são 0,08% dos gremistas. E isso é pouquíssimo perto do potencial que temos para atingir.

    Saludos,
    Fagner

  58. ANTONIO FRIZZO 9 maio 2012 at 1:36 pm #

    Incrível o volume de absurdos que se lê na internet. Gente que posta comentários, que faz blogs SEM TOMAR CONHECIMENTO sobre os fatos VERDADEIROS. Que tal CONSULTAR quem está por dentro do assunto ANTES de tecer comentários desairosos e/ou que contrariem os interesses maiores do Grêmio? Sou sócio patrimonial desde 1968. JAMAIS PERGUNTEI OU PEDI A QUEM QUER QUE SEJA O QUE O GRÊMIO PODERIA ME DAR. Adotei a máxima de John Kennedy, adaptada: “NUNCA PERGUNTE O QUE O GRÊMIO PODE FAZER POR TI, MAS O QUE PODES FAZER PELO GRÊMIO”. As modalidades de sócio torcedor, diamamente e ouro, continuaram exatamente como são. A ARENA não tem absolutamente NADA igual ao Olímpico. De qualquer lugar do estádio a visão do jogo é completa, próxima, diferente do Olímpico.
    As pessoas envolvidas com a ARENA são PROFISSIONAIS, sim senhor. Empresas especializadas foram contratadas para acompanhar e sugerir sobre TUDO na ARENA. E há alguns por aqui que deveriam torcer para o Zequinha. Lá o socio paga bem menos e o estádio é ótimo. Mas, GREMISTA querem

  59. ANTONIO FRIZZO 9 maio 2012 at 1:43 pm #

    CONTINUO…. Mas, GREMISTAS querendo LEVAR VANTAGEM, querendo algo em troca do Grêmio não devem estar raciocinando como GREMISTA, COM A ALMA. Esses, certamente, não farão falta na ARENA. Aliás, esse que disse que “a ARENA não é fundamental para o Grêmio e que ele viveu 108 anos sem ela”, é, no mínimo, um desinformado. Não deve estar frequentando o estádio. Se estivesse saberia que o Olímpico precisaria de dezenas de milhões de reais para ser reformado e QUE O GRÊMIO NÃO TEM ESSE DINHEIRO. A ARENA será o grande salto do Grêmio no cenário esportivo mundial. Mas, esse aí não deveria frequentar a ARENA. É MUITO CARO, NÉ?

  60. ANTONIO FRIZZO 9 maio 2012 at 1:46 pm #

    Quanto à PROFISSIONALIZAÇÃO do Grêmio, será que alguns estão tão alienados das coisas do Grêmio assim? Vejam o organograma do Grêmio. Ficarão surpresos, certamente, do quanto já foi profissionalizado. Ah, sim, e, INSISTO, BUSQUEM INFORMAÇÕES SOBRE A ARENA, PREÇOS, ETC, NO SITE ADEQUADO. E QUESTIONEM LÁ, NO FORO CERTO. O resto é o resto.

  61. Paulo Roberto 9 maio 2012 at 2:42 pm #

    Antônio Frizzo:
    Concordo em gênero e número contigo!

    Antes de criticar, povo desinformado, informem-se.

    Só falta dizer que os sócios devam ter direito a 50% na aquisição de um plano de saúde. Talvez, no momento da solicitação de empréstimo no Banrisul, ter direito a financiamento sem juros. Façam-me o favor…

    Ser sócio do GRÊMIO é muito maior do que qualquer desconto/benefícios que possamos ter.

    Ser sócio representa contribuir com o time do meu coração.

    Ser sócio é amar o time, independente dos partidos políticos que o dirigem.

    Ser sócio do GRÊMIO é contribuir sem quer algo em troca.

    Quanto aos valores: parem de chorar… façam os cálculos.. Atualmente, pago R$ 45,00, na modalidade diamante, indo a três jogos por mês no Olímpico, na Geral, eu gastaria aproximadamente R$ 100,00.

    INFORMAÇÃO! NA FRENTE DOS SEUS OLHOS! BASTA SABER ONDE ENCONTRAR A FONTE CERTA!

    Para quem é mal informado, é simples: acessar a página do GRÊMIO e visualizar os valores.

  62. Daniel Souza 9 maio 2012 at 2:57 pm #

    Antonio Frizzo… sabes algo sobre os Conselheiros ter esse benefício que citei acima ou ainda sobre ser chamado primeiro que todos os sócios pra escolher seu lugar na Arena, inclusive antes do sr que é sócio desde 1968?
    Conselheiro não é um torcedor sócio como todos os outros?

  63. Daniel Souza 9 maio 2012 at 3:01 pm #

    Ah, e graças a essas pessoas “que postam opinião e fazem blogs”, o senhor pode deixar e contribuir com a sua pro debate.

  64. Diego 9 maio 2012 at 3:10 pm #

    Fagner,
    Minha analise acima era do ponto de vista do torcedor local, do RS. No meu entender, os precos estao condizentes para quem vai ao campo, talvez possam ser revistos no anel inferior se nao houver muita aceitacao, mas isso so se sabera apos a transicao. Nao tenho duvida que depois de que possamos assistir um jogo na Arena, a maioria nao vai mais reclamar dos precos, pelo conforto que ela proporcionara. É impactante ver o custo assim no papel, mas fica dificil julga-lo sem ainda conhecer o produto. Eu sempre achei que fosse ficar mais caro e até me surpreendi, nao ficou tao caro quanto eu imaginava. Eu por exemplo, posso reduzir minha mensalidade para 120 e sentar no mesmo lugar que tenho hoje no Olimpico.
    Já quem nao vai (ou vai pouco) ao campo DEVE realmente possuir mais beneficios extra-estadio, como maior desconto na loja, brindes, etc. É facil o Gremio controlar quem vai e quem nao vai, esta tudo interligado no sistema, imagino. O potencial para sócios é imenso e deve ser explorado. Mas o principal marketing é o resultado de campo, e este nao temos ha 10 anos. Um titulo de LA garante visibilidade no mundo todo, ai da ate pra comecar a explorar o mercado asiatico por exemplo, coisa que os times europeus fazem muito bem. A Asia consome muito futebol e possui uma populacao absurdamente grande. Imagino que o Gremio esteja atento a isto, mas para chegarmos neste mercados temos que ter mais visibilidade. Mas uma coisa eu sugeriria: criar uma pagina em chines. Seria provavelmente o pioneiro no Brasil, nao deve ter muito custo, e pode trazer bons resultados. O gremio nao pode so pensar nos 8 milhoes de torcedores que tem no Brasil, e sim seguir o exemplo europeu e enxergar o mundo inteiro como mercado. Pensar grande!
    Grande abraco,
    Diego

  65. Fagner 9 maio 2012 at 6:38 pm #

    Diego, é bem por aí. Porém, nem todos os que pagam mensalidade no Grêmio hoje seguirão pagando. Sócio interior tem 50% de desconto na mensalidade (doa 43 reais). Para esse sócio, pagar 92 é jogar dinheiro pela janela. O que vai acontecer é a diminuição do quadro social e voltará a dependência que tínhamos das receitas de jogos – situação pré 2005.

    Saludos,
    Fagner

  66. Fagner 9 maio 2012 at 6:44 pm #

    Antônio Frizzo, garanto que deve haver uns 30 mil gremistas que pensam exatamente como o senhor. E esse é um raciocínio exemplar, belo e que deveria ser o de todos. Porém, não é o de todos, é de uma minoria (mais ou menos como aquela dezena de milhares de sócios que tínhamos lá nos anos 90). O custo elevado de 92 reais só é esse porque somos quase sessenta mil hoje. Se o senhor quiser, deixo esses valores para que os que pensam assim paguem sozinhos.

    Eu não quero isso. Quero que aqueles gremistas “não tão gremistas” como o senhor, que como eu, “não entendem nada de Grêmio” e que simplesmente ficam aqui dividindo ideias idiotas, mas que têm condições de doar uns dez reais por mês ao Grêmio, façam isso, para que o clube gere mais dinheiro e não precisemos vender um Mário Fernandes por ano. Se 20% dos 6 milhões de gremistas contribuirem com 10 reais teremos 12 milhões por mês só no quadro social e com isso faremos time para alegrar desde os simpatizantes até os fanáticos.

    Ficou claro ou quer que eu desenhe?

    Valeu pela audiência.

    Saludos,
    Fagner

  67. ADRIANO GREMISTA 9 maio 2012 at 8:20 pm #

    Sr Antonio Frizzo, compareço sempre ao estádio, não sei a tua frequeência, mas a minha certamente é no mínimo igual. E reafirmo, o Grêmio já viveu 108 anos sem essa arena, já com ela não sei quantos anos vai durar o clube. Existe a estimativa de lucro, receitas, etc… uma simples projeção, considerando que tudo vai ser uma maravilha, o time em campo, adesão de milhares de sócios, etc… antes de começarem a falar neste projeto, nunca vi torcedor Gremista reclamar da situação do Olímpico, que estava ultrapassado, velho, etc… E continuo achando os valores do primeiro anel muito caros, alguns lá de cima nem se pode falar pois a visão até deve ser ampla, difícil vai ser enxergar a miniatura da bola e dos jogadores em campo. Como já disse, eu e milhares de sócios que ficam na social, pagando 83,00 por mês, se quisermos ocupar o lugar correspondente na arena da OAS, teríamos que desembolsar 269,00, ou na melhor hipótese 220,00, “pequeno” aumento, não ?? Sei muito bem a situação financeira do Grêmio e que não havia verba prá reformar o Olímpico ou construir um novo estádio sozinho, mas acho que o clube não precisava se atirar em um negócio como esse, onde a parceira vai ter muito mais vantagem, e além disso contruir um estádio quase fora de Porto Alegre. Realmente se fosse só pela arena eu não frequentaria, ela NADA vai representar prá mim, vai ser apenas o local onde continuarei acompanhando o Grêmio, como faço há mais de 30 anos e não só em Porto Alegre.

  68. Daniel Souza 9 maio 2012 at 8:44 pm #

    Se o Antonio Frizzo é quem eu estou pensando é Conselheiro do Clube, da Grêmio Empreendimentos e Consul.

    E é a melhor pessoa pra responder se o boato de que os Conselheiros terão uma carteira de sócio especial e podem escolher o lugar que quiser na Arena pagando 92 reais, e ainda tem a preferencia na escolha dos assentos antes de todos os outros sócios.

    Se realmente for isso o discurso de O QUE EU POSSO FAZER PELO GRÊMIO fica meio ridículo.

    E enquanto o pessoal que comanda trata o torcedor com: “É assim ou vai torcer pro Zequinha”, talvez se explique os 11 anos sem grandes títulos ou só 1 Gauchão nos últimos 5 anos!

  69. Rogerio 10 maio 2012 at 1:38 pm #

    Que eu saiba não.
    A única vantagem é que estes estarão no primeiro grupo de chamados para escolher o local na arena.


Comente