Derrota em casa: Grêmio 0x1 Carrillebol

1 Postado por - 25 de junho de 2017 - Artigos

O CARRILLEBOL apresentado mais uma vez pelo líder do campeonato deu certo. Não se sabe até quando vai, mas essa coisa de jogar igual o XV de Campo Bom está batendo recordes. E não faltaram chances de derrota pra eles. Sobrou nervosismo, sobrou falta de confiança e sobrou desperdícios da parte do Grêmio. A primeira derrota em casa do ano custa muito pra quem quer o título. Ainda mais agora, que há quatro pontos de desvantagem na segunda posição. Mas não dá pra fazer terra arrasada. Tem muito campeonato.

O Grêmio entrou em campo com o que tinha de melhor. Todo mundo esperava um jogaço. Porém, não foi. O CARRILLEBOL de muita marcação e uma linha de 4 na defesa que não se desfaria nem se Garrincha entrasse no gramado. Com um jogador no meio enchendo o saco da saída de bola do Grêmio e dois caras colados nos nossos laterais ficou muito difícil de conseguir jogar. As únicas chances do primeiro tempo vindas do Grêmio foram de fora da área, com Pedro Rocha e Barrios. Ainda tivemos uma chance de Pedro Rocha num escanteio batido pelo Luan. Da parte deles, o cara que entrou no lugar do titular fez a diferença. Roubou uma bola e só não fez o gol porque o Grohe evitou. Um primeiro tempo que os “analistas táticos” se gozam todos – foi chato, sem brilho e sem espaço.

É uma merda, mas faz parte. Foto: Lucas Uebel/Grêmio Oficial (via Flickr)

Na volta do segundo tempo os dois times voltaram exatamente da mesma maneira. O CARRILLEBOL especulando e o Grêmio tentando jogar. Tivemos mais chances e as mais vivas foram com Luan. Primeiro em uma grande jogada de Pedro Rocha, que cruzou pro 7 chutar nas mãos do Cássio. Depois no pênalti, o segundo desperdiçado quando já perdíamos de 1×0. Aqueles lances que NÃO DÁ PRA DESPERDIÇAR. Era pra dar uma bomba, jogar goleiro pra dentro.

E ele também teve azar para o gol deles. Já que não haviam jogadas criadas pelo time paulista, só na sorte pra sair. Primeiro na origem da jogada. Luan tenta recuperar a bola e acaba adiantando pro volante adversário. Esse ganhou na velocidade do Geromel, que não esperava aquela mudança de velocidade da bola. Aí chegou no fundo e cruzou pra trás. Dois jogadores do Grêmio, Kannemann e Cortez estavam no lance, marcando o Jô. Porém ele se atrapalha todo, e a bola sobra pro único jogador realmente bom de bola do adversário. Jadson teve sorte de chutar rasante e a bola não subir nem um milímetro, pegando o Grohe na passada pelo meio das pernas. Se olharem no replay verão que teve mais sorte ainda porque o Geromel tropeça no Cortez e nenhum dos dois consegue chegar na bola.

A entrada do Fernandinho, quando entrou no lugar de Arthur, melhorou o time. Com quatro deles contra três nossos tivemos espaço na intermediária, e várias vezes tabelamos até dentro da área. Mas não conseguimos condição de finalização. A entrada do Gastón no lugar do Pedro Rocha era pra dar mais qualidade nesse passe, mas não deu. Aí o Everton no lugar Edílson foi pra fazer abafa. Foram desses dois últimos as melhores chances depois do gol. Everton bateu da intermediária e quase acertou o ângulo. Gastón acertou o chute em outra boa jogada trabalhada na ponta, mas foi em cima do Cássio. Ainda tivemos um segundo pênalti à favor, no Everton, que não foi dado porque, né, já foi dado um, daí não dá pra dar dois, é a regra 15 do futebol.

Foi a única chance deles no segundo tempo. O CARRILLEBOL conseguiu o que queria. Como qualquer “estudioso” da bola, se preparou para neutralizar o nosso melhor. E só. Fazer gol era completamente secundário. Contaram com a sorte que faltou pra nós. Acho que é o último desafio que o time do Renato precisa encarar: perder uma “decisão”. Quarta vamos ver como o time se comporta.

Comparilhe isso:

14 + comentários

  • Mano 25 de junho de 2017 - 18:41 Responder

    Derrota péssima. Pior ainda dependendo do que acontecer quarta, já que no próximo sábado já dá pra contar como derrota com um time C fora de casa contra o Palmeiras.
    Luan não pode mais bater pênalti, aproveitamento péssimo. Baita jogador mas não sabe bater pênalti, que seja decisivo no que sabe.
    E Grohe, ah, Grohe. Não tá bem esse ano.

  • Valdo 25 de junho de 2017 - 19:32 Responder

    Jogamos contra um time que veio pra não perder e acabou ganhando em uma bola. Na minha opinião bola defensável. Embora tenha sido um chute frontal, não foi tão forte assim pra fazer “corpo”. Se o Marcelo marcasse o chute pegava. Sobre o pênalti, também acho que era pra fuzilar, soltar um petardo alto no meio, mas o Luan é um grande jogador, não dá pra crucificar. Enfim, jogamos contra o líder, um time ajustado, que joga feio (ou não joga) mas é eficiente. Não acredito quando falam que temos o melhor futebol do Brasil, mas ao menos o futebol do Corinthins também não é, o campeonato não está definido. Precisamos recuperar a confiança, pois achei o time meio “medroso” hoje.

  • Gremio - Curitiba 25 de junho de 2017 - 19:42 Responder

    Goleiros melhores que o Marcelo Grohe na série A:
    Vanderlei – Santos, Fábio – Cruzeiro, Wilson – Coritiba, Weverton – Atlético PR, Cássio – Corinthians
    Fernando Prass – Palmeiras, Gatito Fernandez – Botafogo, Magrão – Sport. A pergunta que não quer calar é: Porque o Grêmio não contrata mais um goleira (do nível destes acima para disputar posição???

  • Felix Nuñez 25 de junho de 2017 - 19:44 Responder

    Tempos sem comentar por aqui. Bem numa derrota frustrante, mas enfim, esse time tem credito pra caramba. Vem jogando bem há tempos. Acontece, passou pela competência do Cássio e por falhas nossas. Mas longe de ser preocupante.

    Meu comentário vai ser polêmico, mas eu deixaria com o time B a copa do brasil. Por méritos desse baita grupo estamos vivos em 4 competições. Impossível ir bem em todas, por mais que tenhamos um excelente grupo. Deixar a copa do brasil com o time B não é abrir mão da copa, mas sim dar uma preferência para a liberta e brasileiro que há muito tempo não ganhamos. Copa do Brasil somos o atual campeão. E com o time B dá pra sonhar sim com o título, além de deixar todo o grupo jogando e preparado. Mas, enfim, confio na comissão técnica e diretoria. Estão fazendo um baita trabalho.

  • Fernando Waechter 25 de junho de 2017 - 20:29 Responder

    Acompanho a excelente página há tempos e não costumo comentar, mas sei que defendes arduamente o nosso arqueiro. Porém, hoje resolvi me manifestar. NÃO DÁ MAIS! Marcelo Grohe não dá mais! Suas falhas são sistemáticas, frequentes… mas esse ano ele está ainda pior. Vive um péssimo momento. Mas os comentários são sempre os mesmos: é gremista, grande goleiro, hoje aconteceu mas não costuma falhar, identificado com o clube, veio da base, já salvou o Grêmio muitas vezes e blá blá blá!

    Chega desse cara… é fraco tecnicamente, mais fraco ainda psicologicamente. No Grêmio pode-se buscar reforços e mexer em todas as posições, menos no gol…

    Existe algo de estranho na titularidade desse cara….

  • Ezio 25 de junho de 2017 - 22:59 Responder

    Entre 60 a 70% desse resultado deve ser creditado ao Grohe. O chute foi fraco e no meio do gol. É inconcebivel qq forma de justificar esse frango. Já começo inclusive defender que o Grohe seja mandado para o banco de reservas. Ele está há anos vivendo do tempo em que era o melhor goleiro do Brasil só que já faz uns 2 anos que anda comprometendo. Luan em vários jogos foi o melhor em campo mas hj ele deve sim ser cobrado. O craque acima de qq coisa tem que ter consciência que antes de tudo é correr atrás do resultado. Com o time perdendo era pra dar uma paulada pra por o goleiro deles junto com a bola pra dentro do gol. Esse tipo de paradinha se dá quando se está ganhando de 5 x 0. Enfim o Felix chegou a propor mandar time B pra jogar a Copa do Brasil. Discordo primeiro pq time campeão deve ter elenco numeroso e com qualidade pra jogar até 10 campeonatos ao mesmo tempo e segundo, caso o resultado viesse hj até poderiamos pensar melhor nessa oportunidade a questão é que infelizmente o brasileiro pode ter sido perdido hj. E ficarei bem contente com o hexa da Copa do Brasil bem como o Tri da Libertadores.

    • Beckistuta 26 de junho de 2017 - 07:31 Responder

      Esse é o normal do Grohe. Anormal foram os 6 meses – em 11 anos de carreira – onde ele realmente se destacou. É um goleiro que não se pode confiar. Inseguro. Falha em momentos de alta pressão. Não tem liderança, não tem comando, não sabe sair do gol, tem dificuldade na reposição de bola e no jogo com os pés. São muitas imperícias para ser um goleiro de elite.

      “Ah, mas é bom moço”
      “Ah, mas é um gremista como nós dentro de campo”.

      Para mim, basta ser bom profissional e ter alta qualidade, à altura do que o gigante Grêmio merece.

  • Artur Wolff 26 de junho de 2017 - 10:11 Responder

    O time que “está jogando o melhor futebol do Brasil” agora sabemos quem é. É o que está em primeiro lugar vai na casa do adversário com mais de 50 mil torcedores e GANHA.
    Tem GOLEIRO e tem quem bota pra dentro do gol adversário. Ponto.
    O Grêmio teve um bom desempenho. E um péssimo resultado.
    Já se sabia que este jogo ia ser resolvido no detalhe. As decisões geralmente são assim por que também geralmente os times são parelhos.
    Aí o que decide são as INDIVIDUALIDADES.
    E as nossas cagaram no pau.
    Ahh mas Luan é craque fez isto fez aquilo fez golaço, Grohe um dia fechou o gol pegou isto (e realmente no 1º tempo salvou) e aquilo. Ontem fizeram a diferença entre perder e ganhar.
    Todos erram. Mas os erros de ontem não são surpresa. Grohe vem mal faz horas. E o Grêmio (leia-se Renato e Direção) pode pagar MUITO CARO por isso. Luan perdeu 3 de 6 pênaltis cobrados no ano. Absurdo! Simples; põe outro para bater.
    “Luan é o melhor jogador do Brasil” ” O Casagrande também acha” kkkk. Menos, menos, menos. É muito bom jogador. Só.
    Diego Souza, Thiago Neves, Diego (Fla), Lucas Lima, Jadson; qualquer um desses é equivalente a Luan. Este ufanismo prejudica o próprio jogador e o clube, só servindo para pedalar interesses de empresários.
    Esta derrota tem o seu lado bom se servir de alerta para Renato e direção que já estavam entrando num oba-oba excessivo.
    Há diversas situações que devem ser apontadas e com coragem e habilidade corrigidas.
    Quatro pontos a esta altura do campeonato não é nada.
    APRENDER com os erros e NÃO PERSISTIR nos mesmos.
    Sim o Grêmio tem falhas, deficiências que podem e devem ser corrigidas. Pelo bem do Grêmio e lamúrias dos imbecis baba-ovos que correm para apontar como corneteiros aos que conseguem ver um pouquinho na frente.

    • Ezio 26 de junho de 2017 - 11:18 Responder

      Artur acho que foi até tu outro dia que postou aqui no espaço que temia que pelo momento do Grohe o trabalho que está sendo feito poderia ser comprometido. Ontem na partida não deu outra. Esse frango definiu o jogo mais até do que o penalti que o Luan errou (apesar de concordar que deveria ter sido outro a bater) pq foi a partir dele que a Chinelagem de Itaquera passou a ficar mais ainda na retranca (e com o agravante de toda falta virar motivo pra amarração. E o Grohe não teve o minimo de hombridade de assumir o erro ao contrário do Luan que ao menos reconheceu que o penalti foi incompetência dele (o que não faz que seja menos cobrado mto pelo contrário). Já estou achando até que colocar o Leo de titular é capaz de ter menos prejuízo do que se insistir na mãe que o Grohe anda sendo. Cabe até dar mais uma chance ao Tiago.

    • Valdo 26 de junho de 2017 - 14:43 Responder

      O penal nem foi a cagada maior do Luan. Quem puxou o contra-ataque do gol do Corinthins foi ele hahahaha. Mas não dá pra crucificar o cara, ele vem jogando muito mais que qualquer um dos citados, com toda a “lentidão” que Deus lhe deu.
      Sobre o Grohe, concordo, mas não foi frango. Era uma bola que acabou sendo defensável, mas que geralmente é 99,99% gol. O Jadson pegou muito mal na bola, talvez por não ter acreditado na facilidade em ter ficado sozinho pra concluir depois que o seu colega não conseguei dominar a bola marcado por dois.

      • Ezio 26 de junho de 2017 - 15:35 Responder

        Foi um frangaço sim Valdo. A bola vai fraquinha no meio do gol e na direção dele e ele me aceita pelo meio das pernas. O GREMIO se precipitou em colocar o Tiago em 2015 queimando ele de graça e agora seria uma boa oportunidade pra testá-lo de titular…

  • Alex 26 de junho de 2017 - 18:04 Responder

    Bando de corneteiro FDPs!!!!
    Volta Dida!!! Volta Vitor!!!
    15 anos é pouco, bando de filhotes da IVI!!!!!
    Vão torcer no remendão, seus imbecis!!!!

    • Ezio 26 de junho de 2017 - 22:12 Responder

      Alex nao confunde ser corneteiro e amendoim com consciente… Pela IVI o Renatão nem estaria mais no GREMIO e fui um dos primeiros aqui a defender a permanência dele…A questão é que o Grohe as vezes tem umas bichices iguais a do Victor e cabe sim reclamarmos… Ontem esse frango dele pode ter custado o Brasileiro e amanhã pode comprometer a Copa do Brasil e a Libertadores…

  • Jonatha Zimmer 26 de junho de 2017 - 18:37 Responder

    Galera espera uma derrota pra aparecer comentar e mandar o “eu avisei”….

    Seguindo com as contas que o Fagner propôs, alcançamos a meta novamente. 2º bloco de 5 jogos e conquistamos 10 pontos. Estamos na média pra brigar pelo título.

    Tem muito chão pela frente ainda, além de vários outros campeonatos.

  • Deixe uma resposta


    Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function dd_digg_generate() in /home/storage/b/cc/a0/ypropaganda1/public_html/novo_gremiolibertador/wp-content/themes/inspire/single.php:167 Stack trace: #0 /home/storage/b/cc/a0/ypropaganda1/public_html/novo_gremiolibertador/wp-includes/template-loader.php(74): include() #1 /home/storage/b/cc/a0/ypropaganda1/public_html/novo_gremiolibertador/wp-blog-header.php(19): require_once('/home/storage/b...') #2 /home/storage/b/cc/a0/ypropaganda1/public_html/novo_gremiolibertador/index.php(17): require('/home/storage/b...') #3 {main} thrown in /home/storage/b/cc/a0/ypropaganda1/public_html/novo_gremiolibertador/wp-content/themes/inspire/single.php on line 167