Mais de 500 dias e Douglas está de volta – Vamos bebemorar ?

0 Postado por - 28 de junho de 2018 - Artigos

A espera acabou… Douglas finalmente voltou a jogar pelo Grêmio. Nosso maestro nunca foi tão fundamental para o time como agora.

Douglas retorna depois 503 dias parado. GrêmioxChapecoense

Há tempos não ficava tão feliz com uma notícia. A volta de Douglas, nosso maestro pifador, depois de quase incríveis dois anos afastado por conta de uma lesão no joelho parece ser a “melhor contratação” do ano. Precisávamos exatamente de um jogador como ele.

Os times que vem jogando contra nosso Grêmio, estão vindo todos fechados super retrancados no meio de campo, dificultando nossa entrada na grande área, já que agora somos o time que melhor toca a bola, temos posse de bola, mas não conseguimos furar a retranca dos adversários, o que nos faltava era justamente o Pifador. Além dessa característica, Douglas é excelente em chutes de fora da área.

Mas vale a ressalva, ele é o Maestro Pifador e não milagreiro, não vai resolver todos os problemas do Grêmio e magicamente vamos golear e fazer partidas fantásticas, mas com certeza é a pitada de criatividade que faltava para esse nosso entrevero macanudo que o Renatão conseguiu fazer com esse time.

Da-lhe Grêmio! Sempre!

Comparilhe isso:

2 + comentários

  • Ezio 28 de junho de 2018 - 17:49 Responder

    O melhor de todo é que Doug10 voltou exatamente do mesmo jeito que parou. Só recebendo bolinha no pé, não correndo mto e é claro com sua fantástica visão de jogo a ponto de a qq momento deixar um na cara do gol, o que o torna imprescindível pelo menos em nosso elenco. Isso não é uma critica mas uma constatação do estilo do Doug10 e que nos trouxe excelentes resultados. Pros que reclamam que “Doug10 toma mta ceva” eu respondo que “se ele tomar todas e continuar deixando os outros na cara do gol serei o primeiro a pagar uma pra ele kkkkkkkkkkkkkkk”

    • Oliver 29 de junho de 2018 - 14:11 Responder

      Eu pensava que ele pudesse não retornar bem, pudesse acabar a carreira etc. Entretanto, o estilo de jogo dele nunca foi de correria. Sempre foi de cadenciar e pifar, fazendo pequenos dribles e movimentando a bola no meio campo. E voltou jogando 2 tempos com muita criatividade. Até o final do ano deve estar pleno no futebol, jogando tudo que sabe e com ritmo de jogo. Baita reforço para nós, mais uma baita peça pra fazer esse time funcionar ainda melhor do que já funcionava…

    Deixe uma resposta