Nem tudo foi perdido: Atlético-GO 0 x 1 Grêmio

0 Postado por - 3 de agosto de 2017 - Artigos

O país está definitivamente virado do avesso.

Deputados votaram SIM para NÃO investigar o presidente pego com a boca na botija. Não teve novela. Nem jornal. Considerando ainda que Arthur errou passes, Kannemann perdeu viagens, Ramiro se perdeu em campo, podemos dizer que NENHUMA INSTITUIÇÃO funcionou neste país no dia de hoje.

Ainda bem.

Ao menos pudemos comemorar um gol nascido de um escanteio curto.

É bem verdade que, no primeiro tempo, nada do que acontecia em Goiânia ajudava a retomar qualquer porção das esperanças surrupiadas em Brasília. O Grêmio – escalado por desfalques, mas também pela estratégia que parece consolidada por Renato de viajar com formação alternativa para jogos contra times longínquos na geografia e na tabela – era, até ali, a versão em 3D da depressão que assola a nação. Jogando contra o lanterna Atlético Goianiense, não botou pressão alguma, talvez cansado da ideia de jogar e não levar – como aconteceu contra Avaí, São Paulo e Santos. Exatamente como povo brasileiro.

(Ao menos e diferente do povo brasileiro, podemos dizer que as figuras folclóricas que nos assustaram esta noite, no fundo, nos fazem bem. É sempre um alívio saber que é possível comer, ser feliz e jogar bola como Walter.)

Depois de mais jogadas de ataque do Atlético e uma bola no travessão, o intervalo abriu espaço novamente para pensarmos na situação do país. Era tão ruim o jogo em Goiânia que deve ter havido gente pedindo o replay da votação na Câmara.

Nem ele conseguiu garantir a estabilidade. Foto: Adalberto Marques / Agência PressDigital

Veio o segundo tempo e, pelo menos, Fernandinho conseguiu acertar algum drible e passar pela zaga adversária. Aos 10, Renato então trocou Arthur por Lincoln, de forma a corroborar a tese horas antes confirmada no Congresso de que algumas decisões são realmente inexplicáveis no Brasil. No banco, estava Léo Moura, pronto para voltar a jogar…

Ouvir o nome do lateral-meia-peladeiro inoxidável sendo chamado por Renato aos 27 minutos renovou as esperanças de que algo bom poderia acontecer.

E aconteceu.

Escanteio curto cobrado de forma atrapalhada por Lincoln, Fernandinho consegue achar Léo Moura na intermediária. Ele lança Lincoln na grande área, que cruza para Michel – o único que vale à pena – marcar o gol.

As instituições que, no restante do país, deixaram de funcionar com o intuito exclusive de nos ferrar, no Olímpico de Goiânia resolveram funcionar a nosso favor.

Vencemos.

Venceremos.

Comparilhe isso:

2 + comentários

  • Ezio 3 de agosto de 2017 - 10:07 Responder

    Fazia tempo que não via o GREMIO jogar mal. É incrível como o Bressan dá calafrios até contra o lanterna do campeonato. Alguém tem que explicar pq ele ainda é escalado (E o Bruno Rodrigo pra que veio ?). Pedro Rocha ainda tentou alguma coisa (ainda que na base da fome tanto que deixou de passar uma bola pro Lincoln que faria o gol no 2 tempo que deixou o Renatão louco na casamata), Lincoln que por sinal jogou sua melhor partida em 2017 quando ele entrou o time já estava colocando as coisas em seu devido lugar e o Leo Moura deu a calma que o time precisava (já que tecnicamente as coisas tavam encaminhadas com os caras não chegando mais em nossa defesa). Michel foi o carregador de piano eficiente como sempre (melhor jogador em campo não pelo gol mas pela eficiência em carregar o piano). Leonardo foi mal, tomou uma entortada constrangedora do gordinho bom de bola Walter (ele bem que poderia ser opção no GREMIO). Não gostei do Ramiro (gosto de sua versatilidade mas ontem não estava bem) deu pontapé e cotoveladas demais e quase pôs o time em risco. Apesar do rendimento diferente do que estavamos nos acostumando pelo menos vieram os 3 pts.

  • Artur Wolff 3 de agosto de 2017 - 12:30 Responder

    Por muito pouco não estamos hoje escrevendo que “botamos fora mais dois pontos”.
    Contra o provável lanterna do campeonato no seu final, a atuação foi muito abaixo do esperado.
    Colocar Leonardo e Bressan ao mesmo tempo é abusar da sorte. A rigor, só colocar Bressan já é abusar da sorte. (Ézio, alguém no Grêmio deve ter porcentagem do passe dele; não há nenhuma razão técnica lógica para ele ainda estar no plantel.)
    De bom o gol que foi uma jogada muito bem realizada com a contribuição de Lincoln, que há muito tempo por sinal não apresentava nada de útil.

  • Deixe uma resposta


    Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function dd_digg_generate() in /home/storage/b/cc/a0/ypropaganda1/public_html/novo_gremiolibertador/wp-content/themes/inspire/single.php:167 Stack trace: #0 /home/storage/b/cc/a0/ypropaganda1/public_html/novo_gremiolibertador/wp-includes/template-loader.php(74): include() #1 /home/storage/b/cc/a0/ypropaganda1/public_html/novo_gremiolibertador/wp-blog-header.php(19): require_once('/home/storage/b...') #2 /home/storage/b/cc/a0/ypropaganda1/public_html/novo_gremiolibertador/index.php(17): require('/home/storage/b...') #3 {main} thrown in /home/storage/b/cc/a0/ypropaganda1/public_html/novo_gremiolibertador/wp-content/themes/inspire/single.php on line 167